3 Dicas para planejar a Black Friday e vender ainda mais

Crédito Digital: Tecnologia que aproxima o Banco do Vale de mais empreendedores
3 de novembro de 2021
3 Dicas para organizar financeiramente sua empresa para o fim de ano
22 de novembro de 2021

Criada em 1960 nos Estados Unidos e considerada a data mais importante do e-commerce brasileiro, a Black Friday é a ocasião perfeita para os comerciantes e lojistas alavancarem suas vendas on-line e presencial. Por ser uma oportunidade importante no calendário do comércio, é importante que planejar a Black Friday e suas ações para garantir que tudo ocorra da melhor forma possível para atender os clientes e vender mais.

O Banco do Vale trouxe três dicas para que você prepare o seu comércio e aproveite esta data para dar aquela alavancada nas vendas. Confira:

1. Preparação de equipe e logística

A preparação dos colaboradores para a alta demanda de vendas, atendimentos múltiplos, conhecimento dos produtos e descontos que estão sendo aplicados na data é fundamental para que a empresa se destaque na Black Friday. É importante que os vendedores estejam prontos para tirar qualquer dúvida sobre os produtos que estão sendo oferecidos, além de cumprir prazos de entrega e pós-venda. Com a alta demanda, é comum que as entregas atrasem, portanto, ofereça de um prazo de entrega mais longo. Desta forma, caso a entrega seja feita antes, a satisfação do cliente será maior do que prometer um prazo curto e a entrega se atrasar.

2. Estoque e ofertas competitivas

Faça uma análise dos produtos que têm maior potencial de venda e priorize-os na hora de reforçar o estoque. Vale ressaltar que muitas empresas fazem a Black Friday durante a semana inteira ou até mesmo durante todo o mês de novembro, portanto analise o mercado para ter preços competitivos e esteja preparado para atender a demanda do público. Criar descontos acumulativos, kits de produtos com maior desconto e frete grátis são algumas formas de competir no mercado durante a Black Friday. Mas lembre-se de sempre fazer um planejamento antes de oferecer descontos absurdos e frete grátis para que a loja não tenha prejuízo.

Leia também: Você sabe como calcular o preço do seu produto?

3. Opções variadas de pagamento

Seja no e-commerce ou na loja física, oferecer opções variadas de pagamento pode ser um fator importante na decisão de compra do cliente durante a Black Friday. Cartões de crédito e débito ainda estão em primeiro lugar no ranking dos mais utilizados na hora do pagamento. Por ser mais rápido, evita aglomerações na loja física, o que pode ser mais um diferencial – principalmente em tempos de pandemia. O PIX e a transferência bancária aparecem logo em seguida, sendo atualmente dois dos métodos mais utilizados por também ter aprovação imediata da compra. Apenas lembre-se de reforçar a segurança das suas ferramentas de pagamento digital para evitar fraudes de golpistas.

O planejamento para a Black Friday é fundamental para ter uma boa performance de vendas na data e nos dias que a antecedem. Aproveite nossas dicas para analisar e avaliar o que precisa ser melhorado na estratégia da sua loja, listando as prioridades para que a campanha seja um sucesso. Boas vendas!

Confira também: 4 Dicas para o seu negócio local vender mais