4 Dicas para o seu negócio local vender mais

6 Dicas para profissionais liberais e autônomos
11 de maio de 2021

Uma das tendências de consumo que veio com a pandemia é a valorização do negócio local. Mesmo com a expansão das vendas on-line neste período, as lojas e prestadores de serviços locais, aqueles do bairro, apresentam algumas vantagens e podem surfar nesta onda.

Lojas de roupa e mercearias são dois exemplos: permitem que o cliente vá ao estabelecimento, prove as roupas e consiga o produto que ele precisa na hora, diferentemente da espera pela entrega do on-line. Academias são outro bom exemplo, pois as pessoas estão cada vez menos dispostas a se deslocar e acabam frequentando opções mais próximas de casa ou do trabalho.

Segundo uma pesquisa divulgada pela revista Exame, os negócios locais se mostraram vantajosos durante a pandemia partindo de quatro preocupações principais dos consumidores: frequentar locais com menos aglomeração, a proximidade de casa, preços acessíveis e a preocupação com as medidas sanitárias. Além disso, há toda uma mobilização de valorização dos pequenos empreendimentos que foram impactados com a pandemia.

Ou seja, não há negócio pequeno demais que não resista a uma boa estratégia de vendas. Por isso, confira estas dicas do Banco do Vale para aproveitar o melhor que o seu empreendimento tem a oferecer e vender mais:

1. Entenda o seu público e esteja pronto para ele

Lojas locais não conseguem a escalabilidade de um magazine, por exemplo. Nem sempre uma loja de bairro poderá ter todas as opções de cores e tamanhos de uma mesma peça ou agradar diferentes gostos de clientes. Por isso, é essencial conhecer bem o público e dar prioridade àquilo que ele efetivamente compra. Do contrário, a loja pode ficar empacada com um estoque que não gira.

Entenda também como o seu ciente chega até você: foi indicação, redes sociais, vitrine ou a simples localização? Saber disso é importante para conhecer o seu ponto forte e investir nele para alcançar mais pessoas.

2. Deixe o seu cliente satisfeito

Você já deve ter ouvido que conquistar um novo cliente é muito mais caro do que manter um, certo? Um problema que muitos empreendedores criam é quando eles estão tão concentrados em alcançar um público cada vez maior que acabam se esquecendo de quem já está lá.

Negócios locais têm uma característica de pessoalidade muito mais forte do que lojas maiores, de onde as pessoas já esperam um atendimento mais padronizado e distante. Em vez de perseguir a automação destes estabelecimentos, que tal valorizar aquilo que eles não podem oferecer? Invista em bom atendimento, em mostrar para o seu cliente que você não é apenas um vendedor de produtos e serviços: o seu negócio resolve os problemas dele.

3. Invista em Marketing Digital

O fato de o seu negócio ser local não significa que ele não precise de um empurrãozinho das redes sociais. Com as possibilidades de segmentação de público, você pode alcançar clientes em potencial próximos, que podem até já ter visto o seu estabelecimento, mas não se interessaram por conhecê-lo. O Marketing Digital pode dar este empurrãozinho para gerar interesse.

Aproveite este espaço para mostrar aquilo que as pessoas que não conhecem o seu estabelecimento estão perdendo: vale mostrar produtos, anunciar preços, fazer um tour pela loja e até mesmo anunciar promoções especiais. Isso pode ajudar a vencer a timidez inicial de clientes em potencial.

4. Esteja atualizado e com cara de novo

Pouco tempo atrás tinha-se uma ideia de que as lojas de bairro eram aquelas que tinham parado no tempo, como as mercearias com aquelas balanças manuais do tempo da vó, ou lojas de roupa que tinham peças fora de moda. Foi isso o que levou muitos clientes a buscarem grandes supermercados ou lojas de shopping centers, que têm um ar mais moderno.

Não deixe que isso aconteça com o seu negócio. Esteja sempre atualizado com as novidades do mercado e tendências e busque, de tempos em tempos, dar uma repaginada no local. Por mais que os clientes gostem da segurança da familiaridade, eles também gostam de novidades. Misturar os dois é uma forma de se manter relevante.

Leia também: 5 Dicas para melhorar o atendimento ao cliente