5 dicas para superar o desemprego em 2020

Parceria entre Banco do Vale e BOM irá gerar bons frutos
11 de fevereiro de 2020
5 Passos para reorganizar as dívidas
10 de março de 2020

O desemprego é uma situação que assusta muitos brasileiros, e não é para menos: segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no 4º trimestre de 2019 o Brasil apresentou uma taxa de 11% de pessoas sem vínculo empregatício. Isto representa aproximadamente 12,5 milhões de pessoas que enfrentam uma fase de preocupação sobre como pagar as contas do mês. Pensando nisto, o Banco do Vale selecionou 5 dicas para você superar o desemprego em 2020.

Antes de mais nada: não se desespere! Saiba que muitos brasileiros já passaram por esta mesma situação e superaram. Por mais que este problema acarrete insegurança e incerteza, o mais importante é manter a calma e fazer um planejamento de acordo com esta nova realidade, além de seguir as dicas abaixo.

1.Evite fazer novas dívidas

Apesar do que se pensa, pegar empréstimos para liquidar dívidas não é uma boa escolha neste momento. Isto pode levar a um endividamento ainda maior, podendo resultar em uma bola de neve. O ideal neste cenário é evitar fazer novas dívidas e tentar economizar o máximo possível, para que as contas do mês não aumentem ou acumulem.

2.Economize verbas rescisórias

Se você acabou de ser desligado de seu atual emprego, esta dica é para você. Evite gastar o dinheiro da rescisão, mesmo que você tenha direito ao benefício do seguro-desemprego. O mais recomendado é guardar todo o dinheiro que entrar, para que este sirva de subsídio para pagar as contas dos próximos meses.

3.Limite o uso do cartão de crédito

Evitar gastos extras é uma medida prática para não aumentar o valor das dívidas do mês. Por este motivo, faz-se importante limitar o uso do cartão de crédito. Estipule um valor mensal a se gastar e atenha-se a ele, desta forma você evita surpresas com a fatura no próximo mês.

4.Mantenha o currículo atualizado

Um bom plano é continuar aperfeiçoando as suas habilidades profissionais. Existe uma grande variedade de cursos on-line e de graça que servem para capacitar profissionais e enriquecer o currículo. Este investimento pode ampliar as possibilidades de vagas de empego e aumentar as chances de recolocação profissional.

5.Procure ter uma renda extra

Enquanto a sua oportunidade não chega, que tal fazer uma renda extra? Há diversas formas de ter uma ocupação informal que renda dinheiro. Para isso, conte com o auxílio de plataforma especializadas de trabalhos freelances, podendo ser home office ou presencial.

Lembre-se de que esta é apenas uma fase e que, com o devido esforço, logo você conquistará uma recolocação profissional. Após se estabelecer em um novo emprego conte com o Banco do Vale para organizar eventuais dívidas acumuladas. Contamos com uma linha de crédito pessoal ideal para um recomeço.

Leia também: Já pensou em ter um trabalho autônimo?