5 Passos para reorganizar as dívidas

5 dicas para superar o desemprego em 2020
26 de fevereiro de 2020

No Brasil é comum que o ano comece para valer apenas após as festas de carnaval. Reunindo gastos com presentes e ceia de natal, confraternizações de ano novo e ainda as compras de volta às aulas, as contas se acumulam. Com tudo isto, ao fim deste período, é necessário reorganizar as dívidas para seguir o ano com saúde financeira.

Listamos neste post algumas dicas essenciais para colocar as dívidas em dia e organizar a situação financeira da sua casa. Neste momento é importante estar a par de tudo que foi comprado e ter ciência da nova realidade. Colocando todos os gastos no papel e seguindo essas dicas, o processo se tornará mais eficiente.

1.Anote todas as dívidas e gastos

Além das dívidas parceladas, que nos últimos meses variaram entre presentes, material escolar e fantasias de carnaval, é importante ter em mente todas as contas mensais que colaboram com o endividamento. Faça um mapeamento de todas os gastos e possíveis despesas extras, como saídas e datas comemorativas. Após feito isto, defina as prioridades para o período. Se necessário, crie uma planilha ou um mural de anotações para que todos os membros da família participem e colaborem com o novo objetivo.

2.Corte gastos extras

Uma boa medida para não se perder nos gastos é limitar o uso do cartão de crédito ou evitar realizar compras fora do orçamento familiar. Sabemos que apertar o cinto pode ser desconfortável no início, porém, tenha consciência que esta condição é temporária.

Tome como boa prática o questionamento e a argumentação da necessidade real da compra. Além de gerar economia, você e sua família poderão se reeducar e aprender juntos sobre gestão financeira.

Leia também: Reeducação financeira: como ensinar o seu filho a cuidar de seu dinheiro

3.Adapte os gastos fixos

Assim como os gastos extras, as contas fixas devem ser adaptadas. Algumas medidas que podem ajudar são: diminuir o plano de internet, reduzir o pacote da TV a cabo e evitar o uso excessivo de telefone, principalmente do celular. Outra medida muito importante é reduzir os gastos com itens supérfluos no supermercado, atente-se a comprar apenas o essencial.

4.Presenteie-se

Dar-se ao luxo de comemorar faz parte de reaprender a economizar. Estipule metas mensais e, ao atingi-las, comemore, mas sem exagerar. O importante é ter em mente que todo grande esforço gera resultados, e ser recompensado pela dedicação faz parte de todo este processo.

5.Trace seus objetivos e tome nota das conquistas

Tão importante como manter as contas em dia e ver o dinheiro rendendo, é cultivar seus sonhos para poder realizá-los. Por isso, trace seus objetivos para o ano. Ter um motivo para economizar é determinante para começar a se reorganizar financeiramente. Sempre anote as pequenas conquistas e tenha conhecimento de seus esforços para alcançá-las.

O Banco do Vale, que sempre está a serviço do seu sonho, tem a satisfação de ajudar as pessoas a atingir as suas metas para 2020. Além de possuirmos uma linha exclusiva de crédito pessoal e de microcrédito, promovemos palestras que auxiliam na organização e estabilidade financeira.

Leia também: Banco do Vale te ajuda a manter o controle financeiro