As 5 melhores dicas para novos empreendedores

Tudo o que você precisa saber para montar um plano de negócios sólido
27 de setembro de 2022
Guia completo para abrir um CNPJ de prestação de serviços
8 de novembro de 2022

Seja por necessidade, oportunidade ou até mesmo um sonho, o número de novos empreendedores no Brasil segue crescendo e vem sendo muito promissor no cenário atual. Segundo o Ministério da Economia, os microempreendedores representam 56,7% do total de negócios em funcionamento no país.

De toda maneira, começar a empreender no Brasil ainda é um grande desafio, mas com um planejamento adequado e com uma boa estratégia de execução, é possível atingir o sucesso. É importante que os novos empreendedores se preparem para os obstáculos que possam surgir, desde o relacionamento com parceiros e funcionários a problemas financeiros.

Se você está pensando em empreender ou já começou o seu negócio, continue lendo para descobrir as cinco melhores dicas para novos empreendedores.

1. Escolha um nicho

Este é um dos principais passos para os novos empreendedores. Escolher um segmento de mercado muitas vezes parte de um hobby que a pessoa percebe que tem potencial para se transformar em uma atividade comercial ou prestação de serviço.

Defina quem serão seus consumidores e estude a melhor forma de se comunicar com eles. Além disso, analise a concorrência, inclusive na região. É essencial para saber onde e como investir em um negócio de forma segura.

2. Invista na qualificação profissional

O desenvolvimento do seu negócio passa diretamente pelo seu aperfeiçoamento profissional. Se você possui condições de separar uma quantia para investir em cursos de capacitação ou participar de eventos que reúnam palestrantes do seu ramo de atuação, não deixe de fazer.

Além disso, você pode fazer cursos livres e workshops, principalmente os que disponibilizam certificações. Esse tipo de qualificação profissional também agrega bastante conhecimento e serve para que você fique atualizado sobre alguma tendência específica da área.

3. Empreenda sem medo e não se envergonhe de voltar ao começo

Mesmo que a maioria dos danos possam ser evitados, os imprevistos ainda existem. Além disso, dentro de uma empresa, existem inúmeras variáveis para prestar atenção, porém nem tudo depende de você para dar certo. É importante reconhecer quando algo está errado e voltar uma casa quando necessário. Lembre-se que persistir no erro é a pior escolha a se fazer.

Muitas vezes a desistência também não é uma opção, porém, você pode analisar as oportunidades que estão disponíveis e a melhor estratégia de mercado. O negócio pode até estagnar, mas nada te impede de mudar seu rumo de atuação, mudar a visão da empresa ou começar do zero.

4. Monte um planejamento estratégico

É comum que os novos empreendedores não saibam o que é um planejamento estratégico. Entretanto, ele é essencial para iniciar qualquer negócio, pois significa estabelecer metas, a curto, médio e longo prazo, além de listar tudo o que é preciso para atingi-las.

Assim, o empreendedor poderá analisar se está faltando algum recurso ou investimento em seu negócio para esse objetivo ser conquistado. Estudar os pontos fracos e fortes do negócio também ajuda o empreendedor a se preparar melhor para enfrentar a concorrência.

5. Exercite o networking

Construir um networking ou uma “rede de contatos” é fundamental. Por meio de um bom relacionamento com seus concorrentes, é possível criar soluções e, em conjunto, buscar descontos com fornecedores em comum, além de estruturar campanhas de marketing em parceria e tantas outras ações.

O segredo do networking é fazer contatos por onde passar. Participe de feiras, rodadas de negócios e encontros profissionais, aproveite esses momentos para aumentar a sua rede de contatos. A troca de experiências permite que empreendimentos cresçam e prosperem.

Seja um microempreendedor individual, dono de uma microempresa ou de uma multinacional todos podem crescer e aprender cada vez mais tendo o pensamento empreendedor na rotina do negócio.

Se você está começando e precisa de uma ajuda, conte com o Banco do Vale! Aqui você encontra o Microcrédito, que disponibiliza de R$ 200 até R$ 20 mil, parcelados em até 24x para você adquirir materiais, investir em capital de giro e muito mais!

Entre em contato conosco e solicite seu crédito!

Confira também: Quais as diferenças entre profissional liberal e autônomo?