Já pensou em ter um trabalho autônomo?

microcrédito
Microcrédito para mais de 30 municípios
1 de julho de 2019
O dinheiro que circula está a serviço da vida
6 de agosto de 2019

O trabalho autônomo tem se tornado uma opção crescente no Brasil. Ele serve para quem deseja tornar-se proprietário do seu negócio, trazendo flexibilidade com horários, dias trabalhados, além de gerir seus ganhos de acordo com a demanda e disponibilidade.

A popularidade da Internet e dos dispositivos móveis foi um fator que colaborou para que o negócio autônomo aumentasse. Diversos serviços podem ser prestados através de notebooks, celulares e tablets, com isso, o trabalhador pode atuar de vários lugares e até mesmo de casa.

O profissional autônomo é favorecido inclusive por questões tributárias, pois a burocracia é menor por ser liberal. O trabalhador presta serviços para empresas ou pessoas por um tempo específico sem ter um vínculo empregatício com elas.

Os trabalhadores autônomos podem ser: prestadores de serviços de profissões não regulamentadas: encanador, digitador, pintor, pedreiro, carpinteiro ou regulamentadas: advogado, psicólogo, jornalista, contabilista.

 

Dicas para se dar bem com um trabalho autônomo

Apesar de trazer liberdade de organização e execução do próprio trabalho, o profissional deve ter disciplina com as tarefas a serem executadas, prazos de entregas, controle do fluxo de dinheiro recebido mensalmente e contribuições. O Banco do Vale traz algumas dicas para você que tem interesse em se tornar um trabalhador autônomo:

Invista em uma Previdência Privada: esta é uma alternativa para conseguir a aposentadoria, pois como autônomo você não irá contribuir diretamente para o INSS para conseguir se aposentar, como ocorre na modalidade CLT.

Torne-se um MEI e emita Notas Fiscais pelos seus serviços: o trabalhador autônomo registrado como MEI (microempreendedor individual) é obrigado a emitir nota fiscal sempre que vender produtos ou prestar serviços a pessoa jurídica. Como o MEI está contemplado no regime do Simples Nacional, a nota fiscal eletrônica não precisa de certificado digital. Para conseguir emitir notas fiscais corretamente é indicado buscar por um contador.

Se você está disposto a utilizar seus talentos e investir no trabalhado autônomo, mas precisa de ajuda financeira, venha conversar com o Banco do Vale. Podemos ajudar você!

trabalho autônomo